JUVENTUDE SCHENSTATT

JUVENTUDE SCHENSTATT

Existente em Portugal desde 1960, Schoenstatt é um movimento da Igreja Católica para a renovação cristã do mundo, cuja finalidade é a formação de um homem novo, construtor de uma nova sociedade. Com quatro centros de formação no nosso país (Aveiro, Braga, Lisboa e Porto), encontra-se ainda nas cidades de Coimbra, Guimarães e Lamego, para além de pequenos núcleos dispersos por outras localidades.

PELA MÃO DE NOSSA SENHORA

Toda a sua espiritualidade e a sua pedagogia se centram em formar esse "homem novo", de espirito apostólico e comunitário, segundo a imagem de Maria, companheira e colaboradora de Cristo na obra da redenção, e ao mesmo tempo, Mãe e eduadora dos cristãos.

A PARTIR DE UM SANTUÁRIO

Schoenstatt está vinculado a um lugar de graças: o Santuário, seu centro vital, a fonte de todas as suas forças, o meio concreto escolhido por [)eus para lhe transmitir tudo o que precisa para viver a sua espiritualidade, animar a sua organização e cumprir a sua missão.

Na origem do Santuário não há intervenções extraordinárias de Deus, nem aparições ou milagres. A 18 de Outubro de 1914,em Schoenstatt, Alemanha, o jovem sacerdote José Kentenich propõe a um grupo de jovens converter uma capela abandonada num lugar de peregrinação e de graças, selando com Maria um pacto, uma Aliança de Amor . Eles comprometer-se-ão a uma vida de oração e de esforço pela santidade na sua vida diária, e Ela estabelecer-se-á no Santuário, para oferecer graças de encontro com Deus, de transformação interior e de dinamismo apostólico A historia posterior confirma a realidade e a imensa fecundidade desta Aliança.

FUNDADO PELO P. JOSÉ KENTENICH

Nascido em Gymnich, Alemanha, a 18 de Novembro de 1885, virá a entrar em 1906 na Sociedade do Apostolado Católico (Padres Pallotinos). Dois anos depois da sua ordenação sacerdotal, e nomeado em 1912 director espiritual do Seminario de Schoenstatt, onde veio a fundar o Movimento Apostólico que daí recebeu o nome.

Perseguido pelo regime nacional - socialista, foi preso e passou vários anos no campo de concentração de Dachau. Após o fim da guerra, dedicou-se a fomentar o crescimento do Movimento noutros paises. Faleceu em 1968, depois de ver a sua obra examinada e finalmente aprovada pela Sé Apostólica. Sobre o seu túmulo está gravada a inscrição Dilexit Eccelesiam (Amou a Igreja).

JUVENTUDE FEMININA E JUVENTUDE MASCULINA DE SCHOENSTATT

Entre as mais de 25 comunidades de leigos e de consagrados que compõem o Movirnento, encontram-se os dois ramos juvenis, o feminino e o masculino. Nos grupos de vida desenvolve-se uma ternática variada, com uma acentuação sobre o conhecimento e amadurecimento da própria personalidade, orientada para uma participação activa e criativa na Igreja e na sociedade. O trabalho de forrnação específica permite aprofundar a realidade e missão própria da rapariga e do rapaz, e abre um espaço para os respectivos interesses e questionamentos. Os dois ramos podem trabalhar em conjunto no desenvolvimento de projectos apostólicos.

www.terravista.pt/nazaré/1322